João Batista Scalabrini – Escrittos

João Batista Scalabrini – Escrittos

fondatore scalabrini scritti

Bispo a cujo coração nao bastou uma diocese

O bem-aventurado Scalabrini deixa diversas obras de variado caráter e natureza: das conferências sobre o Concílio Vaticano I, quando ainda era pároco em Como (1873) aos escritos sobre o catecismo; da intervenção sobre a questão che, na Igreja, dividia transigentes e intransigentes (1885) às obras sobre a emigração, até o opúsculo O socialismo e a ação do clero, que teve duas edições no curso de 1899.

Depois de sua morte foram organizados e publicados outros escritos seus: o Memorial sobre a Congregação ou Comissão “Pro Emigratis catholicis”, de 1905; a Correspondência Scalabrini-Bonomelli (1868-1905) e a coleção das Cartas Pastorais (1876-1905).

Desses escritos emerge a alma pastoral de Scalabrini: não homem de pensamento, em primeiro lugar; mas bispo e pastor atento ao bem das pessoas que lhe são confiadas. E não é só isso! De fato, foi definido “bispo a cujo coração não bastou uma diocese”, fazendo-se responsável de questões que interessavam a Igreja, em primeiro lugar as migrações.