Istituto storico

Instituto histórico

memoria istituto storico

Os escritos e os testemunhos

O patrimônio histórico da congregação, constituído pela obra e pelos escritos do Fundador, como também pelos testemunhos documentários relativos à vida e à obra dos primeiros missionários, representa uma fonte imprescindível para a vitalidade do carisma missionário scalabriniano.

O âmbito de competência do Instituto Histórico, que atua em estreita colaboração e sinergia com o Arquivo geral, comprende o estudo e a publicação dos textos do Fundador (obras, cartas pastorais, homilias), opportunamente colocados no momento histórico considerado, e a vida da congregação, nos acontecimentos que lhe assinalaram a origem e os primeiros desenvolvimentos.

Na atividade do Instituto Histórico, podem-se contar numerosas publicações. Recordamos, entre outras, a famosa Vida de João Batista Scalabrini, do padre Mario Francesconi, postulador da causa de beatificação do Fundador, e a edição das Cartas pastorais do padre Ottaviano Sartori.

O estudo do patrimônio

Além dos supracitados padre Francesconi e padre Sartori, sucederam na direção do Instituto Histórico os padres Gianfausto Rosoli, Antonio Perotti e Agostino Lovatin.

Ao padre Perotti, em particular, deve-se um notável impulso ao Instituto mendiante um intenso trabalho de reconhecimento documentário dos primeiros anos da congregação, reunido em um volume que lhe traça uma primeira história. Infelizmente, o seu improviso falecimento, em setembro de 2004, impediu a padre Perotti de levar a término o trabalho para a publicação, como também de conduzir um prestigioso congresso histórico (A Eclesiologia de Scalabrini) já cuidadosamente preparado, e que ocorreu no ano sucessivo, na Casa Madre de Piacenza (outubro de 2005), no quadro das celebrações pelo centenário da morte do Fundador.

Desde julho de 2008 até hoje, os trabalhos do Instituto Histórico estão temporariamente suspensos.