Leigos scalabrinianios

Leigos scalabrinianios

Un gruppo di laici scalabriniani durante un convegno internazionale

No dia 12 de abril de 1889, J.B. Scalabrini funda a Associação do Patronato São Rafael, para estender à Itália a rede de assistência e tutela dos migrantes ja ativa na Europa, sobretudo nos poros de partida e de chegada do grande êxodo da segunda metade do século XIX.

Depois da beatificação de Scalabrini, ocorrida em 1997, um renovado estudo e valorização da sua pessoa e da sua visão providencial permitiram o nascimento do Movimento dos Leigos Scalabrinianos.

O mesmo carisma missionário

Os Leigos scalabrinianos são homens e mulheres, adultos e jovens que, depois de um período de formação scalabriniana missionária, se empenham na ação evangelizadora, na Igreja local, em sinergia com os missionários e as missionárias scalabrinianos. O mesmo carisma profético os guia e a mesma compaixão pelos migrantes e os refugiados, independentemente da cultura, da religião, da língua e da situação administrativa.

O movimento, ainda em fase de experimentação, já organizou alguns encontros regionais, nacionais e mundiais, decisivos para o necessário retorno do empenho laical no desenvolvimento, atualização e renovação do serviço scalabriniano à Igreja.

No interior do movimento laical existem também os voluntários e os missionários leigos scalabrinianos, que transcorrem períodos de missões com migrantes e refugiados no próprio país ou no exterior.

Região Beato Giovanni Battista Scalabrini (Europa/áfrica)

Província São Giovanni Battista (América do Norte)

Província São Paulo, agora parte da Região Nossa Senhora Mãe dos Migrantes (América do Sul)

Província Santa Francesca Cabrini (Ásia/Austrália)

Província San Carlo Borromeo (América do Norte)