Rede de Casas do Migrante

Rede de Casas do Migrante

logo rete case del migrante

As Casas

rete case del migrante tijuana

Desde 1985 os missionários scalabrinianos desenvolvem um serviço de acolhida e hospitalidade em relação a cada tipo de migrante, deportado, refugiado. À primeira Casa do Migrante aberta em 1985, em Tijuana, México, seguiram-se aquelas de Nuevo Laredo, Tapachula, Guatemala, Tecún Umán e El Salvador.

As Casas do Migrante são centros de acolhida, lugares de promoção dos direitos humanos. Nelas são oferecidos alimento e hospedagem, sustento espiritual, orientação e primeira atenção médica.

A Rede

rete case del migrante

A Rede de Casas do Migrante nasce em dezembro de 1999. Com a publicação do documento El Clamor de los Indocumentados (O grito dos indocumentados) como mensagem jubilar, se oficializa o início desa nova organização, que tem como objetivo geral o de realizar uma pastoral migratória conjunta entre essas Casas, traballando junto a outras organizações não governamentais e Igrejas, para a promoção integral dos migrantes sob o perfil humano, cultural, social e espiritual.

A Casa do Migrante de Nueva Laredo foi escolhida como sede da rede, e é portanto o centro operativo das iniciativas e das propostas emitidas oficialmente para a solicitude pastoral dos irmãos e das irmãs migrantes.